Post Content

Jordan CorizaPosted by:
Jordan Coriza, Department of Public Health

Jordan is the Director of Ethnic Media Engagement for the Department.

Não tem como não ver: todas as manhãs longas filas de pessoas andando como robôs para pegar essa bebida que altera a mente, mas é permitida por lei. Comecei a pensar na razão que justifica essa dedicação de tantas pessoas ao café e comecei a me informar sobre os benefícios e perigos do café.
O café é consumido por muitos adultos porque melhora o humor, o raciocínio e a atividade física. Um café de loja normal pode conter à vontade 550 mg de cafeína, o que quase que imediatamente desperta as pessoas. Algumas pessoas bebem café para diminuir o apetite e queimar calorias (embora esse efeito seja mínimo).

Há muita controvérsia nas pesquisas sobre os benefícios e perigos do consumo do café, o que torna quase impossível para a comunidade médica chegar a uma conclusão sobre os efeitos do café no organismo de quem o bebe. Quanto aos efeitos do consumo do café na saúde, tenho mais dúvidas agora do que tinha antes!


Por um lado, muitos estudos fazem a ligação entre o consumo do café ao aparecimento de certos problemas de saúde, tais como o colesterol elevado, pressão arterial alta, azia, ritmo cardíaco irregular (ansiedade), insônia e dores de cabeça.

Por outro lado, descobri muitas pesquisas que negam as conclusões negativas acima mencionadas. Um estudo, da Faculdade de Saúde Pública da Harvard (Harvard School of Public Health), indica que o café pode ser mais benéfico que prejudicial à saúde. A longo prazo os efeitos do café na saúde cardiovascular podem ser positivos, e também se depreende que o consumo entre moderado a elevado do café (cerca de 6 xícaras por dia) está ligado a um risco significativamente mais baixo de diabetes. A prova é também uma ligação muito forte do consumo regular do café a um risco reduzido da doença de Parkinson, aumento da concentração e um melhor rendimento atlética.

Apesar das mais recentes provas de que o café pode ter benefícios para a saúde, é como diz o povo: “tudo é permitido, mas com moderação”. Embora o café possa não ser prejudicial, outros aditivos ao café, tais como nata, açúcar, alguns sabores, podem acrescentar calorias e gordura à sua alimentação. O consumo do café pode também causar dependência – você pode ficar viciado – o que torna difícil e doloroso deixar o hábito.

Você é uma daquelas pessoas que eu vejo todas as manhãs nas filas para pegar seu primeiro café da manhã? O que você acha dos benefícios e perigos do consumo do café?

Written By:

Recent Posts

Massachusetts Environmental Public Health Tracking (EPHT) & Climate Change posted on Jun 23

The Environmental Toxicology Program in the Bureau of Environmental Health has developed a climate assessment approach that leverages the combined resources of the Massachusetts Environmental Public Health Tracking (EPHT) tool and the CDC Building Resilience Against Climate Effects (BRACE) framework. The approach actively engages stakeholders   …Continue Reading Massachusetts Environmental Public Health Tracking (EPHT) & Climate Change

Love in Action: Supporting One Another in Challenging Times posted on Jun 15

Love in Action: Supporting One Another in Challenging Times

“Darkness cannot drive out darkness: only light can do that. Hate cannot drive out hate: only love can do that.” – Martin Luther King Jr. What do we do when horrible things happen? A tragedy like what happened at Orlando’s LGBTQ Pulse nightclub is so   …Continue Reading Love in Action: Supporting One Another in Challenging Times

Getting Hurt is Not in Your Job Description posted on Jun 13

Getting Hurt is Not in Your Job Description

POP QUIZ: Deli slicers – How hard can they be to use? Everyone seems to have story about someone being cut at work while using a deli slicer*. If you don’t have one yourself, ask a friend or colleague—they almost certainly do. And more often   …Continue Reading Getting Hurt is Not in Your Job Description