Post Content

Jordan CorizaPosted by:
Jordan Coriza, Department of Public Health

Jordan is the Director of Ethnic Media Engagement for the Department.

Semana passada o governo anunciou que Massachusetts recebeu mais de meio milhão de dólares – $633.000 – para a luta contra a obesidade. Diante do tamanho do problema, essa quantia pode parecer minúscula. Não é irônico que precisemos de dinheiro para que as pessoas comam menos? Em qualquer outro lugar as pessoas precisam de dinheiro para se alimentar, enquanto que aqui precisamos de dinheiro para ensinar as pessoas a se alimentar melhor.

Fresh_veggies Aqui está o problema: nós não nos alimentamos corretamente. Sabemos que é mais fácil e barato comprar junk food do que comprar ingredientes frescos e preparar uma refeição saudável. Mas não precisa ser assim.

A verba que o estado recebeu será destinada, em grande parte, para informar as pessoas sobre como se alimentar de forma mais saudável. Por exemplo, você sabia que a partir de novembro as redes de restaurantes com sucursais em Massachusetts deverão mostrar ao cliente o teor calórico das refeições que vendem? O principal objetivo desse requisito é facilitar ao cliente a escolha de comidas com menos calorias. Medidas semelhantes foram aplicadas na cidade de Nova Iorque e outras partes do país. Nesses locais se comprovou que quando o cliente sabe o teor calórico dos pratos, ele tende a escolher alimentos com menos calorias. Isto é, as pessoas que sabem quantas calorias há nas suas refeições tendem a se alimentar de forma mais saudável. Ao mesmo tempo os restaurantes estão modificando suas receitas para preparar os mesmos pratos, porém com menos calorias.

E que mais o governo pode fazer para reduzir o que os especialistas chamam “a epidemia” de obesidade neste país? O governo pode fazer muito. O exemplo acima é apenas um de muitos exemplos que poderiam ser citados aqui.

Contudo, a responsabilidade pessoal é fundamental na luta contra a obesidade. Portanto pergunto: o que você acha que as pessoas podem fazer em casa, no trabalho, nas escolas e nas comunidades para pôr um fim nessa epidemia?

Muito além das verbas do governo ou da opinião dos profissionais de saúde pública, todos nós podemos e devemos fazer algo para solucionar o problema da obesidade.

O que você acha?

Written By:

Recent Posts

FOOD DAY? ISN’T EVERY DAY FOOD DAY? posted on Oct 24

FOOD DAY?   ISN’T EVERY DAY FOOD DAY?

If you’re like me, and most other people, you celebrate food day each and every day. So, it’s natural to ask, “What’s the deal with Food Day?” It’s not a reminder to eat (yours truly has never needed a reminder!), but a chance to appreciate   …Continue Reading FOOD DAY? ISN’T EVERY DAY FOOD DAY?

October 24th is Food Day! posted on Oct 21

October 24th is Food Day!

This year is the 3rd annual National Food Day which is celebrated every year on October 24th. Food Day is sponsored by the Center for Science and the Public Interest and promotes healthy, affordable, and sustainable food. Last year, there were over 4,700 events across   …Continue Reading October 24th is Food Day!

Million Hearts — Working to Prevent Heart Attack and Stroke posted on Oct 20

Million Hearts — Working to Prevent Heart Attack and Stroke

Heart attack and stroke contribute to the 800,000 deaths from cardiovascular disease every year in the U.S. The burden to families and communities is devastating, and medical costs and lost productivity total nearly $1 billion per day. To address this crisis, the United States Department   …Continue Reading Million Hearts — Working to Prevent Heart Attack and Stroke